Entenda a importância do EPI para seus colaboradores
Um Equipamento de Proteção Individual (EPI) serve, como indica o nome, para a proteção. Dessa forma, garantir EPI para seus colaboradores é uma iniciativa que é importante para a segurança do trabalho. Por isso, você precisa saber quais são os EPIs e quando utilizá-los. Pense, por exemplo, nos riscos que há num canteiro de obras. […]
Um Equipamento de Proteção Individual (EPI) serve, como indica o nome, para a proteção. Dessa forma, garantir EPI para seus colaboradores é uma iniciativa que é importante para a segurança do trabalho. Por isso, você precisa saber quais são os EPIs e quando utilizá-los. Pense, por exemplo, nos riscos que há num canteiro de obras. Sem equipamentos para segurança, há um potencial grande de problemas de saúde e acidentes que podem acontecer. Então, leia para se prevenir!

Por que utilizar EPI para seus colaboradores?

EPI Em primeiro lugar, você precisa entender por que, afinal, um EPI para seus colaboradores é importante. Como já falei, aliás, eles servem para dar mais segurança ao trabalhador, diminuindo riscos no trabalho. Então, saiba que isto ocorre em uma série de ambientes de trabalho. Por exemplo, em frigoríficos, com equipamentos para evitar o frio intenso, em ambientes hospitalares, para evitar contaminações, e em canteiros de obra para evitar acidentes, como já falei antes. No entanto, dar equipamentos de proteção individual ao trabalhador não é algo que deve ser feito aleatoriamente. Pelo contrário, aliás, porque existem metodologias próprias para isso, que estão relacionadas à segurança do trabalho. Neste caso, então, existem Normas Regulamentadoras (NRs) que regem a respeito do tema. Dessa forma, são elas que indicam o que é preciso utilizar em cada ambiente e o que não é necessário. Veja, por exemplo, a NR 6, que informa, entre outras coisas, quais equipamentos de proteção devem ser utilizados nas áreas da construção civil. Além dela, porém, há outras que falam sobre temas relacionados, como a NR 7. Ou seja, com base nelas, você saberá quais equipamentos precisa fornecer aos seus colaboradores em cada ambiente. Então, associado a tudo isso, há uma série de benefícios, como vou demonstrar na próxima seção.

Importância do EPI de segurança

Como falei acima, portanto, utilizar EPI de segurança traz alguns benefícios em particular. Embora muitos deles já estejam implícitos ao longo do texto, é preciso deixar nítido o que a proteção oferece. Por isso, veja abaixo os três principais:

1.      Proteção dos trabalhadores

Em primeiro lugar, não poderia ser outro: a segurança do trabalhador. Assim, utilizar o EPI certo, evita acidentes e contaminações nas mais variadas formas. Isto é, garante que ele permaneça saudável por mais tempo, o que é bom para o colaborador e para a empresa também.

2.      Mais produtividade pelo EPI

Como falei acima, o uso dos equipamentos de proteção individual é bom para o colaborador. Isso porque, ao se sentir mais seguro, ele tende a trabalhar com maior atenção nas suas tarefas, entregando mais resultados.

3.      Maior motivação

Por fim, pense que ninguém gosta de trabalhar sob risco de sofrer um acidente ou adoecer, concorda? Assim, quando o trabalhador recebe os EPIs corretamente, tende a perceber que a empresa o valoriza, e assim trabalha com maior motivação.

Exemplos de equipamentos

EPI Até aqui, você já sabe o que são os equipamentos de proteção individual e os motivos pelos quais são importantes. Agora, portanto, resta ver alguns exemplos de EPI para que você entenda na prática como funciona. Então, alguns deles são os seguintes:
  • Para a cabeça: o uso de capacetes e até de capuzes podem proteger, por exemplo, contra a queda de materiais.
  • Para olhos e face: os óculos oferecem proteção contra partículas, luminosidade intensa e radiação (tanto infravermelha quanto violeta).
  • Luvas: este EPI diminui o risco de lesões nas mãos contra, por exemplo, choques elétricos, temperaturas extremas, agentes químicos ou biológicos, equipamentos e ferramentas perfurantes, entre outros.
  • Máscaras e respiradores: muito populares em tempos de pandemia, protegem contra a inalação de substâncias ou de agentes químicos e biológicos.
  • Cinturões: diminui a chance de lesões (ou até morte) proveniente de quedas.
  • Protetores auditivos: oferecem proteção contra ruídos.
  • Calçados: protegem contra descargas elétricas, abrasivos, cortantes, perfurantes, agentes térmicos, entre outros.
Em resumo, viu como utilizar EPI para seus colaboradores é importante? Então venha conversar conosco para soluções em gestão ocupacional!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *